Itaperuna e Campos recebem encontros do 8º CEP

Itaperuna e Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, recebem, nos dias 21 e 22 de maio, respectivamente, os encontros preparatórios do 8º Congresso Estadual de Profissionais (8º CEP), que acontecerá nos dias 12 e 13 de julho, na sede do CREA-RJ, no Centro do Rio de Janeiro.

 

O encontro de Itaperuna será realizado às 18h30, na Faculdade Redentor (Rod. BR-3556, nº 25 – Bairro Cidade Nova), e o de Campos, às 18h30m, no Instituto Federal Fluminense (IFF), que fica na Rua Dr. Siqueira 273, Parque Dom Bosco.

 

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas nas inspetorias do CREA-RJ em Itaperuna (Av. Zulamith Bittencourt 300/101 – cobertura, Bairro Cidade Nova, tel: 22).3824-3387, email: itaperuna@crea-rj.org.br) e Campos (Rua Salvador Correa 68, Centro, tel: 22. 2733-1474, email: campos@crea-rj.org.br. Mais Informações: (21) 2179-2276 ou (21) 8882-2133, com Sheila Aparecida.

 

Propostas
Os encontros, que reúnem engenheiros, agrônomos, geólogos, meteorologistas, técnicos e estudantes têm como objetivo reunir propostas e discutir questões como a formação e o exercício profissional, inserção no mercado de trabalho dos profissionais e a revisão da Lei 5.194, que rege todo o exercício profissional dessas profissões.

 

Os participantes poderão sugerir propostas que serão levadas ao Congresso. Esse é o momento para o profissional ou estudante contribuir para decidir os rumos da Engenharia do país.

 

Encontros regionais
Durante os meses de maio e junho haverá encontros microrregionais em várias cidades do Estado. Nestes encontros serão eleitos delegados em cada região e definidas propostas que serão levadas ao 8º CEP. Durante a realização do Congresso Estadual sairão 20 propostas e os 30 delegados que farão parte da comitiva que vai ao 8º Congresso Nacional de Profissionais, que este ano acontecerá na cidade de Gramado-(RS), em setembro, logo após a 70ª SOEA – Semana Oficial de Engenharia e Agronomia,

 

O tema central do 8º Congresso Nacional de Profissionais (CNP) será “Marco Legal: competência profissional para o desenvolvimento nacional”.